quarta-feira, 4 de abril de 2007

Deus: Deus é como um grande estilista. Eu o sei, porque muito desfilei.

(Revista Pergunte e Responderemos, PR 422/1997)


Com estas palavras apareceu no dia 9/5 pp. num palco da sala Nervi no Vaticano a ex-modelo Antonella Moccia, feita noviça de uma Congrega­ção Religiosa. Isto ocorreu no encerramento de um Congresso sobre Vo­cações Religiosas, durante o qual tomaram a palavra algumas pessoas de vulto que ingressaram na Vida Religiosa.

Quanto a Antonella Moccia, foram primeiramente exibidas cenas de seus desfiles em passarela ao ritmo de Blue Eyes (Olhos Azuis); os seus trajes refletiam todas as cores do arco-íres. Depois disto, entrou em cena, ao vivo, a própria Antonella, com seus trinta anos de idade, contrastando fortemente com as imagens anteriores; vestia-se modestamente, embora muito digna.

Agradeceu a Jesus, que "a fitou nos olhos como o mais belo dos jovens deste mundo". Agradeceu à Virgem SSma., que, pelo Santo Rosá­rio, lhe prestou ajuda constante. Com profunda religiosidade, disse ainda: Não me bastarão os anos para agradecer a Deus o ter-me chamado para ser sua esposa... A fé me levará aonde eu não sei; existe Alguém que me quer levar por um caminho que ainda estou por descobrir". Agradeceu outrossim ao seu diretor espiritual, porque "todos precisamos de alguém que nos guie e leve não para onde queremos, mas para onde Ele quer, a fim de testemunharmos sempre mais vivamente o amor de Deus".

Ainda pediu desculpas à numerosa platéia que assistia, dizendo: Muita gente falou de mim. Mas espero que isto sirva para proclamar que Deus existe"

Finalmente um coro de quatrocentas noviças entrou no palco. Por último apareceu o Santo Padre João Paulo II, que proferiu palavras de saudação e estimulo.

(Notícias extraídas do jornal "Corriere delta Sera" de 10/5/97, p.19)

Estêvão Bettencourt O.S.B.

Nenhum comentário: